Sabemos que a terra é o nosso habitat, e neste universo em que vivemos a água desempenha um papel indispensável à nossa sobrevivência e para o desenvolvimento como um todo e a de nosso consumo sempre é armazenada em caixa d’água.

A água é vital para o ser humano

Mesmo sabedores de toda importância vital o ser humano polui e degrada este recurso natural. Temos assistido diariamente pela mídia, com grande preocupação, à ocorrência de despejos de resíduos sólidos e líquidos em rios, lagoas, e a destruição das áreas alagadas e de outras regiões, provocando, como seria de se esperar, uma perda significativa da qualidade e quantidade da água.

Essa água, ao chegar às Estações de Tratamento, sofre vários processos a fim de adequá-la para fins potáveis, isto é, torná-la apta para ser consumida pela população. Salientamos que, quanto mais poluída estiver a água, mais complexo e oneroso será o seu tratamento.

Também deixa-se claro que de nada adianta as Estações de Tratamento terem o máximo cuidado no tratamento do precioso líquido a ser distribuído à população se nas residências não houver o zelo de uma vez por ano proceder-se a assepsia do seu reservatório e mantê-lo tampado.

É oportuno igualmente lembrar que a responsabilidade pela qualidade da água pelas Companhias de Saneamento vai até os hidrômetros (relógios) existentes na entrada dos prédios. Dos hidrômetros para dentro das moradias ou dos condomínios a responsabilidade passa a ser do(s) proprietário(s).

 

Fonte: Bom Dia Comunidade