Estamos em plena época de revoadas dos Siriris ou Aleluias

Os Siriris ou Aleluias são os reprodutores e fazem parte de uma colônia de cupins, seja ela, de cupins de madeira seca ou cupins subterrâneo, sendo estas duas espécies consideradas pragas urbanas.

Uma colônia de cupins é dividida em castas, e nela temos um Rei e uma Rainha, soldados, operários e os siriris que são futuros reis e rainhas aguardando o momento certo para sair em revoada, já que são os únicos dotados de asas dentro da colônia.

É muito comum que durante o período da primavera e até no início do verão, termos revoadas de siriris, pois é nesta época em que a temperatura é elevada e a umidade também é alta, que os siriris saem do ninho e procuram locais apropriados para iniciar uma nova colônia.

Acasalamento:

Logo após a revoada, quando caem no solo vão em busca de abrigo para formar novo ninho, os reprodutores alados perdem as asas, pois estas já desempenharam o seu papel no voo.

Quando o casal não se encontra durante o voo, a fêmea já no solo, libera um feromônio sexual que irá atrair o macho. Logo depois de se encontrarem, partem para procurar um local seguro para o acasalamento.

Após a identificação do abrigo (madeira seca ou solo, dependendo da espécie, cupim de madeira seca ou cupim subterrâneo) macho e fêmea acasalam e iniciam a nova colônia dando início à postura de ovos.

A partir daí são chamados de rei e rainha, ou casal real, da nova colônia.